Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/02/13 às 12h00 - Atualizado em 4/02/13 às 12h00

Secretário de Transportes tranquiliza trabalhadores da Viplan

José Walter Vazquez firmou compromisso de criar comitê fiscalizador para acompanhar situação dos funcionários da empresa

Um grupo de rodoviários apresentou abaixo-assinado com cerca de 1, 7 mil assinaturas ao secretário de Transportes, José Walter Vazquez, na tarde desta sexta-feira (1º). Aberto ao diálogo, o gestor da pasta recebeu as queixas e se comprometeu a instalar comitê fiscalizador junto ao Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) para acompanhar a situação dos 4 mil funcionários da Viação Planalto (Viplan).

Os trabalhadores temem ficar desempregados com a transição de concessionárias após a reforma em andamento no transporte público urbano. “Nós ainda não sabemos quem vai assumir as bacias 1, 3 e 4. O que podemos fazer é negociar, com essas novas concessionárias, condições de trabalho para esses funcionários”, tranquilizou o secretário.

O representante do grupo de funcionários da Viplan, Edson Novais, enumerou as demandas que pretende ver resolvidas pela Secretaria de Transportes. “Nossa preocupação é com as pessoas que estão de licença médica, quem está perto de aposentar, as gratificações e condições de trabalho”, argumenta.

O diretor técnico do DFTrans, Lúcio Lima, afirmou que o comitê a ser criado ajudará a estabelecer diálogo entre a Secretaria de Transportes, a empresa e os funcionários. “Acompanharemos a situação de todos os trabalhadores”, ressaltou.

Bacias contratadas – As empresas interessadas em participar da concorrência pública para operar as bacias 1, 3 e 4 apresentarão suas propostas nesta segunda-feira (4), às 10h, no auditório do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Já os contratos das bacias 2 e 5 foram firmados com a Viação Pioneira e a Expresso São José, respectivamente, em dezembro. As duas empresas foram as únicas habilitadas na fase de apresentação de documentos e propostas financeiras.

A Viação Pioneira foi a selecionada para operar a Bacia 2, que atenderá, com 640 ônibus, as regiões do Gama, Paranoá, Santa Maria, São Sebastião, Candangolândia, Lago Sul, Jardim Botânico, Itapoã e parte do Park Way. A Expresso São José também já foi habilitada pela licitação. Ela venceu a concorrência pela Bacia 5 e terá que colocar em circulação, nas regiões de Brazlândia, Ceilândia, SIA, SCIA, Vicente Pires e parte de Taguatinga, uma frota de 576 veículos.

A abertura dos próximos envelopes seguirá a seguinte ordem:

Bacia 3: Núcleo Bandeirante, Samambaia, Recanto das Emas, Riacho Fundo I e II – Frota: 483
Bacia 4: Taguatinga (parte), Ceilândia, Guará, Águas Claras e Park Way (parte) – Frota: 464
Bacia 1: Brasília, Sobradinho, Planaltina, Cruzeiro, Sobradinho II, Lago Norte, Sudoeste/Octogonal, Varjão e Fercal – Frota: 417


Fonte: Agência Brasília